Aviso Juntos em Segurança. Novas medidas de segurança UCI no atendimento a clientes.
Precisa de ajuda?
Nós ligamos
Está no caminho certo para comprar a sua nova casa. Escolha o Crédito Habitação UCI

Como escolher o melhor crédito habitação?

12 de maio de 2022
Atualidade Crédito HabitaçãoArtigo
Voltar / gostam deste artigo 5
Como escolher o melhor crédito habitação?

Descobriu a casa dos seus sonhos? Então já percorreu metade do caminho, agora tem de escolher o melhor crédito habitação. Esta é uma decisão que deve ser muito bem ponderada, pois o empréstimo habitação é um compromisso a longo prazo.

Neste artigo, vamos explicar-lhe o que deve saber e fazer para escolher o melhor crédito habitação para si.

Como comparar duas propostas e encontrar o melhor crédito habitação?

Quando pede uma simulação para encontrar o melhor crédito habitação, recebe tanta informação que pode não ser fácil avaliá-la e escolher a mais adequada para o seu caso. Por isso, deixamos-lhe vários parâmetros para comparar propostas de crédito:

Faça simulações em diferentes bancos 

A procura pelo melhor crédito habitação deve passar pela consulta de diferentes Bancos, o que é importante para que possa comparar propostas e escolher a mais adequada. Bem sabemos, como provou o estudo “Casa_PT”, que a maioria das pessoas consulta o seu Banco habitual (77,5% das pessoas inquiridas), mas não se fique por essa opção.

É verdade que algumas instituições bancárias requerem que abra uma conta bancária e domicilie o ordenado, o que pode ser um processo moroso e implicar alterações de débitos diretos e outras burocracias. Mas lembre-se de que existem alternativas que não exigem nada disso. Por exemplo, pode pedir um empréstimo habitação na UCI e manter a sua conta habitual na qual será debitada a prestação.

Portanto, consulte devidamente o mercado aquando da pesquisa pelo melhor crédito habitação de modo a não ficar com as opções limitadas.

Guarde todas as FINE

Quando faz uma simulação de crédito habitação, o Banco faculta a Ficha de Informação Normalizada Europeia (FINE), um documento que apresenta as principais características do crédito. Aqui, pode encontrar a taxa de juro proposta, o spread (se for caso disso), o montante, o prazo e outras condições que vão afetar o valor total do crédito.

É muito importante que guarde estes documentos, pois é aqui que está toda a informação relevante que permitirá avaliar propostas para decidir o melhor crédito habitação para si.

Pense além do spread

O spread é, sem dúvida, um indicador importante para avaliar o melhor crédito habitação. Mas será o mais importante? 42,6% dos inquiridos do estudo “Casa_PT” dizem que o valor do spread foi crucial para a escolha do crédito, mas o que é afinal o spread? De forma simples, é a margem cobrada pelos bancos para lhe emprestar dinheiro. Existem muitos fatores que o influenciam, como o perfil do cliente, as características do financiamento e as garantias do empréstimo.

Leia ainda: Spread crédito habitação será este o melhor indicador?

O spread é apenas um dos custos associados ao crédito, entre vários outros, e se compreender isso vai perceber que não deve ser tão determinante na decisão. Por exemplo, uma proposta pode ter um spread mais baixo, mas ter comissões bancárias e outros encargos que a torne no final mais onerosa.

Mas então, como se pode analisar a totalidade dos custos de uma proposta para escolher o melhor crédito habitação? Veja o próximo tópico.

Considere a TAEG e o MTIC

Quando está a comparar as propostas, há dois indicadores que deve imediatamente memorizar: o MTIC e a TAEG.

  • MTIC significa Montante Total Imputado ao Consumidor.Tal como o nome indica, este número diz-lhe o valor total que terá de pagar pelo crédito, incluindo o montante total do empréstimo, os juros, as comissões, os impostos e outros encargos. Ao comparar créditos através deste indicador (desde que se mantenha o montante do empréstimo, o número de proponentes e o tipo de taxa de juro escolhida) terá uma ideia de qual das propostas será menos cara no global e qual o melhor crédito habitação.

  • TAEG significa Taxa Anual de Encargos Efetiva Global. Mais do que a TAN, é para esta taxa que deve olhar, uma vez que já inclui os juros, as comissões, despesas, os impostos e seguros e outros produtos que contrate para baixar o spread. O melhor crédito habitação para o seu caso poderá ser aquele que tem a TAEG mais baixa.

Tenha atenção aos produtos adicionais 

Já ouviu falar das vendas associadas facultativas? É uma prática comum na banca, em que para garantir uma oferta melhor de crédito habitação, a instituição apresenta um spread mais reduzido em troca da contratação de outros produtos bancários, como, por exemplo, cartões de crédito, PPR, seguros ou outros.

Agora, imagine que, em determinado momento, deseja desistir de um desses produtos porque não tira partido dos mesmos e sente que pesam no seu orçamento familiar ou porque algo na sua vida mudou e não faz sentido manter esse produto. Nessa altura o spread do crédito habitação pode passar do valor contratado para o valor base (mais elevado). Por isso, é muito importante equacionar os reais benefícios da contratação desses produtos financeiros e o impacto que têm no total do crédito.

Foque-se na melhor taxa de juro para si

Foque-se na melhor taxa de juro para si

Mais vale um pássaro na mão do que dois a voar. É um provérbio popular, mas que pode aplicar-se perfeitamente ao empréstimo habitação. Se está a ponderar qual a melhor modalidade de taxa de juro para a sua situação, pense naquilo que mais privilegia:

  • Taxa variável - Resulta da soma de dois fatores: a Euribor (indexante) e o spread. A Euribor tem vários prazos, embora as Euribor a três, seis e doze meses sejam as mais frequentemente usadas em contratos de crédito.

    Esta taxa de juro chama-se “variável” porque oscila ao longo do contrato, fazendo com que oscile também o valor da prestação. Por exemplo, se na procura pelo melhor crédito habitação escolher a Euribor a 12 meses, ao fim deste período, a sua prestação mensal é revista, podendo diminuir ou aumentar consoante as taxas praticadas nesse momento.

    O que significa que, se optar por esta taxa, beneficia de uma taxa de juro reduzida a curto prazo, mas está sujeito às oscilações da Euribor. Se procura o melhor crédito habitação, saiba que, neste momento a Euribor já se encontra a subir, o que irá colocar muitas famílias sob pressão financeira nos próximos tempos.

  • Taxa Fixa - Se optar pela taxa de juro fixa, ficará a pagar a mesma prestação durante todo o período do contrato de crédito. Dessa forma, não estará exposto ao risco de variação e poderá garantir um melhor crédito habitação em termos de segurança.

    O valor da taxa de juro fixa é estabelecida pela instituição de crédito, em cada contrato, tendo em consideração o prazo, o valor de financiamento, o rácio entre o valor do empréstimo e o valor do imóvel (loan-to-value), o perfil do cliente e as condições do mercado.

    Leia ainda: Vantagens do crédito habitação Taxa Fixa

  • Taxa Mista - Ao avaliar o melhor crédito habitação, tem ainda a opção de uma taxa mista. Com esta modalidade, terá uma combinação das vantagens da taxa fixa durante o período inicial do empréstimo (por exemplo durante 5, 10 ou 15 anos) e da taxa variável indexada no restante período.

Teste diferentes prazos 

É verdade que quanto maior é o prazo do crédito habitação menor é a prestação. No entanto, isto significa que irá pagar mais juros no total do empréstimo. Por isso, para encontrar o melhor crédito habitação, é importante testar diferentes cenários e, mais uma vez, analisar o impacto na totalidade dos custos através do MTIC e da TAEG.

O ideal é que encontre um ponto de equilíbrio entre a prestação e o custo total do empréstimo para garantir o melhor crédito habitação. Ou seja, escolher o prazo mais curto possível que lhe permita ter uma prestação confortável para a sua capacidade financeira e que não o faça estar sujeito ao pagamento de juros durante mais tempo do que o necessário.

Leia ainda: Sabe como escolher o melhor prazo do crédito habitação?

Precisa mesmo de fiador? 

Para a concessão de crédito, o banco vai exigir garantias para assegurar que recebe o montante emprestado. Ter um fiador para o empréstimo é uma das garantias mais comuns, mas que não é obrigatória

Tenha em mente que se um Banco lhe pedir fiador, isso não quer dizer que todos o façam, uma vez que cada entidade tem uma política especifica. Tenha esse ponto em mente quando estiver a analisar propostas e lembre-se que pedir a alguém para ser fiador é uma responsabilidade muito grande, que pode ter implicações no futuro.

Encontrar o melhor crédito habitação pode não ser uma tarefa simples de concretizar, mas vale a pena o esforço. Não aceite a primeira proposta que recebe, nem procure apenas o Banco com quem já trabalha. Pode estar a perder uma excelente oportunidade de conseguir melhores condições para o seu empréstimo e poupar dinheiro.

Dê o primeiro passo e faça a sua simulação de crédito habitação!

Artigos Relacionados
Soluções UCI
Vantagens
Simuladores de Crédito
Informação Útil
Institucional
Clientes
Grupo UCI
Área de <b>Clientes</b>
Vantagem Traz um Amigo Quem tem um amigo tem tudo!

Até vantagens no Crédito Habitação. Ao recomendar o Crédito Habitação UCI ganha e os seus amigos ganham também.
Precisa de ajuda?
Preencha com os seus dados que nós ligamos
Nome*
 
E-mail*
   
Telefone*
   
Quero ser contactado*
 
Assunto*
 
Mensagem
* campos obrigatórios